Futebol Maranhense

Presidente do Moto fala sobre chance de ter atletas demitidos do Sampaio

Foto: Lucas Almeida/L17 Comunicação

Com as várias demissões de jogadores do Sampaio, muita gente tem comentado que alguns destes atletas cabem muito bem nas equipes maranhense. Imperatriz, Moto e o próprio Juventude, são os caminhos mais levantados por conta da disputa do Brasileiro que essas equipes vão ter. Neste contexto, o Blog do Afonso Diniz, procurou o presidente da equipe motense, Natanael Júnior, que deixou bem distante qualquer acerto com um desses nomes.

“Por enquanto não, Afonso. Vamos mexer pouco no elenco.”, afirmou Júnior.

Veja a lista dos desligados

Andrey (goeliro), Everton Dias (volante), Ramon (volante), Matheus Steinmetz (atacante), Victor Lube (goleiro), Ricardo Capanema (volante), Chaveirinho (atacante), Thiago Duchatsch (zagueiro) , Kellyton (lateral-dieito) , Abuda (volante), Moisés (goleiro), Neto (meia), Éverton Silva (lateral-direito) e Eloir (meia).

Ex-Moto, o zagueiro Paulo Sérgio teve proposta de rescisão feito pelo Sampaio, mas ainda não entrou em acordo. Outros nomes que estão processo de negociação são o atacante Roney, o zagueiro Marcão e o goleiro João Gabriel.

Notícia

Mega-sena pode pagar prêmio acumulado nesta quarta-feira (27)

A Mega-Sena concurso 2264 sorteia nesta quarta-feira, dia 27, R$ 33 milhões. O prêmio será sorteado a partir das 20 horas, no Espaço Loterias Caixa em São Paulo.

Os sorteios da Mega-Sena são realizados duas vezes por semana, às quartas e aos sábados. As apostas podem ser feitas até às 19 horas do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet. A aposta mínima custa R$ 4,50 e a probabilidade de ganhar o prêmio é de 1 em 50.063.860.

Como jogar

A Mega-Sena paga milhões para o acertador dos 6 números sorteados. Ainda é possível ganhar prêmios ao acertar 4 ou 5 números dentre os 60 disponíveis no volante de apostas. Para realizar o sonho de ser o próximo milionário, você deve marcar de 6 a 15 números do volante, podendo deixar que o sistema escolha os números para você (Surpresinha) e/ou concorrer com a mesma aposta por 2, 4 ou 8 concursos consecutivos (Teimosinha).

Sorteios

Os sorteios da Mega-Sena são realizados duas vezes por semana, às quartas e aos sábados. Para adequar o número do concurso da Mega da Virada, que deve ter final 0 ou 5 foram criadas as Mega-Semanas que são exclusividade da Mega-Sena. Os sorteios ocorrem em datas predeterminadas ao longo do ano. Na ocasião são realizados três concursos semanais, às terças, quintas e sábados. Confira no cronograma de sorteio ou em Comunicados Importantes.

Apostas

A aposta mínima, de 6 números, custa R$ 4,50. Quanto mais números marcar, maior o preço da aposta e maiores as chances de faturar o prêmio mais cobiçado do país.

Premiação

O prêmio bruto corresponde a 43,35% da arrecadação. Dessa porcentagem:

    35% são distribuídos entre os acertadores dos 6 números sorteados (Sena);

    19% entre os acertadores de 5 números (Quina);

    19% entre os acertadores de 4 números (Quadra);

    22% ficam acumulados e são distribuídos aos acertadores dos 6 números nos concursos de final 0 ou 5.

    5% ficam acumulados para a primeira faixa – sena – do último concurso do ano de final 0 ou 5 (Mega da Virada).

Recebimento de prêmios

Você pode receber seu prêmio em qualquer casa lotérica credenciada ou nas agências da Caixa. Caso o prêmio líquido seja superior a R$ 1.332,78 (bruto de R$ 1.903,98) o pagamento pode ser realizado somente nas agências da Caixa. Valores iguais ou acima de R$ 10.000,00 são pagos após 2 dias de sua apresentação na agência da Caixa.

Acumulação

Não havendo acertador em qualquer faixa, o valor acumula para o concurso seguinte, na respectiva faixa de premiação. Não deixe de conferir o seu bilhete de aposta.

Os prêmios prescrevem 90 dias após a data do sorteio. Após esse prazo, os valores são repassados ao tesouro nacional para aplicação no FIES – Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior.

Notícia

Bandeira verde na conta de luz até fim do ano

A Agência Nacional de Energia Elétrica informou nesta terça-feira (26) que não haverá cobrança extra na conta de luz até o final do ano. Segundo a Aneel, a bandeira tarifária ficará na cor verde até 31 de dezembro. O sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo de geração de energia.

O objetivo é informar aos consumidores quando o custo da geração aumenta, permitindo ao cliente gastar menos energia e, assim, pagar uma conta de luz mais barata. A Aneel informou que o cenário de redução de carga e as perspectivas de geração de energia tornaram possível o acionamento da bandeira verde nos próximos meses.

Além disso, informou a agência, os custos cobertos pelas bandeiras tarifárias estão contemplados no empréstimo que será feito para socorrer o setor elétrico.

Valores

A Aneel divulga mensalmente a cor da bandeira que será aplicada no mês seguinte. Atualmente as tarifas têm os seguintes valores:

  • Verde: sem cobrança
  • Amarela: R$ 1,34 por 100 quilowatts-hora (kWh) de energia consumida
  • Vermelha patamar 1: R$ 4,16 por 100 kWh
  • Vermelha patamar 2: R$ 6,24 por 100 kWh
Futebol

Qual o futuro de Pimentinha?

Foto: Biaman Prado/O Estado

Em São Luís, o atacante Pimentinha aguarda o controle da pandemia para voltar aos treinos no Botafogo-PB onde tem contrato até o fim do ano de 2020. O jogador é sempre especulado no Sampaio e com a chegada de Léo Condé, com quem já trabalhou no próprio clube, no Paysandu e Botafogo-SP, o nome fica bem mais quente.

Em entrevista exclusiva ao Blog do Afonso Diniz, o atacante maranhense disse que não recebeu nenhum contato do Tricolor. Pimentinha conta que Condé também não o procurou: “Até agora não falou nada”.

Pimentinha fala que, por hora, aguarda ser chamado para reapresentação no Botafogo-PB.

“Então, até agora estou voltando pro Botafogo-PB. Tenho contrato lá até final do ano. Só esperando isso passar”.

No Botafogo-PB Pimentinha tem pela frente o reinício da Copa do Nordeste e do Campeonato Paraibano. O clube de João Pessoa disputa ainda o Brasileiro da Série C.

Futebol Maranhense

Quem vai bancar o protocolo para volta do futebol no Maranhão?

Vejo muita gente forçando a barra e falando pelo cotovelos sobre a volta do futebol mesmo com o Maranhão e todo Brasil empilhando mortos. Pasmem, tem dirigente que defende a tese que nem deveria ter parado. Entretanto, não vejo nenhum destes defensores revelar e bancar um projeto de retorno.

Todos sabemos que a pandemia do novo coronavírus não será encerrada este ano, o que pode acontecer é um remoto controle. Portanto, segundo orientam as autoridades de saúde, para o retorno das praticas esportivas profissionais um protocolo precisa ser realizado. E, para surpresa desses defensores da sangria, isso tem um alto custo.

A pergunta que fica é: QUEM VAI PAGAR ESSA CONTA? Testes contínuos, sanitização, fiscalização, isolamento e pagamento de profissionais de saúde são elementos mínimos que exigirão boas cifras. Muita gente está espelhando o futebol maranhense em clubes milionários do Brasil, que, mesmo assim, vira e mexe recebemos notícias de dívidas. Já compararam também a conta bancária?

Já ouvi falar que clubes e a própria FMF vão recorrer a Secretária Estadual de Saúde para conseguir testes para Covid-19. Talvez eles ainda não tenham visto as filas nas centrais de testes ou não tenham tido um parente que morreu ou, nas graças de Deus, se curou sem mesmo sem ter a certeza que se tratava realmente da Covid-19 por falta de testes na rede pública.

E tem mais basta refletir só um pouquinho. Ora, se nem mesmo o profissionais de saúde, que estão na linha de frente dessa nefasta pandemia, estão conseguindo ser testado… A impressão que tenho é que cortaram a internet desse povo ou desligaram a TV. Incrível!

A não ser que em meio a toda essa crise financeira, com demissões, salários atrasados, reduzidos e muito mais, essas agremiações tenham um bom dinheiro guardado no bolso para tirar o pires da mão, bancar tudo e bater na mesa dizendo que resolvem. Duvido muito….

Enquanto isso…

Maranhão alcançou a marca de 22.786 mil pacientes infectados pelo novo coronavírus, 784 mortes por Covid-19 e 5.271 pessoas curadas pela doença. Os dados são do boletim epidemiológico divulgado na noite deste domingo (24) pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Dos novos casos confirmados, 449 são da Grande Ilha de São Luís, 50 em Imperatriz e 1.096 em outras regiões do Maranhão. Foram registrados 30 óbitos por Covid-19 nas cidades de Anapurus, Carutapera, Mata Roma, Coelho Neto, Brejo, Vitória do Mearim, Imperatriz, Pastos Bons, Santa Quitéria, Paulino Neves, Timon, Tutóia, Paço do Lumiar, Barra do Corda, Lago da Pedra e São Luís.

Futebol Maranhense

Sampaio já tem novo time; nomes

Foto: Lucas Almeida/L17 Comunicação

Depois da barca de demissões, que ainda promete cenas para os próximos capítulos, o presidente do Sampaio, Sérgio Frota, deixou escapar que já tem montado um novo time. Esse novo elenco vem sendo costurado novamente sob suas mãos, mas agora tem um coautor – o técnico Léo Condé. Com carta branca do mandatário tricolor, o treinador mineiro já tem seu selecionado de jogadores com acordo verbais, que terão apresentação assim que a Bolívia Querida voltar às suas atividades.

Entre os vários nomes, dois escaparam… Trata-se do zagueiro Flávio Boaventura, ex-São Bento-SP, e do volante Léo Costa, que estava na Patrocinense-MG. Ambos com aval total de Condé. A confirmação partiu do próprio presidente do Sampaio, Sérgio Frota.

“(O Léo Costa) é um jogador que está na relação do técnico Condé. Ele está apalavrado. Mas a gente só fecha quando assina um contrato. Eu conversei com ele (Flávio Boaventura). Não estou parado. Tenho uma lista de nomes”, confirmou o presidente do Sampaio que diz ter conversas diárias com Condé.

A ficha completa dos dois atletas você confere em matéria do globoesporte.com.

Notícia

Internet tem salto de mais de 200% em vendas

A crise causada pelo novo coronavírus catapultou as vendas on-line em abril e o varejo pela internet viu as transações saltarem 209% na comparação com o mesmo mês de 2019, segundo dados da ACI Worldwide, empresa de sistemas de pagamento eletrônico.

Entre os segmentos do varejo, o de videogames e jogos eletrônicos teve um salto de 126% de vendas em abril e o volume de downloads digitais cresceu 26%.

Do outro lado, a emissão de tickets de shows e espetáculos tombou 99% e as compras relacionadas a viagens derreteram 91% em abril ante o mesmo mês do ano passado.

Siga o Valor Investe:
O aumento nas compras on-line reflete um mês inteiro de amplas restrições às atividades do comércio presencial e de outras medidas para inibir a propagação da covid-19.

Com o aumento das transações on-line, as tentativas de golpe também subiram.

A taxa de tentativas de fraude em abril ficou em 4,3% em abril, um pouco abaixo dos 5,3% observados em março, mas acima dos 3,8% registrados em abril de 2019.

Segundo o levantamento, as tentativas de fraude focaram nos segmentos que estão demonstrando maior crescimento, como o de eletrodomésticos, com destaque para itens populares de alto valor, como laptops e televisores.