Sampaio

Deputado se propõe a bancar novo camisa nove do Sampaio

Um camisa nove com o tão esperado “carimbo de Série B” deve ser anunciado pelo Sampaio Corrêa para suprir a ausência de Felipe Alves, que chegou a ser anunciado pelo clube, mas acabou desistindo do negócio. A afirmativa é do próprio presidente do Sampaio, Sérgio Frota. O mandatário do Sampaio revelou inclusive de onde virá a fonte financeira para bancar  o que seria a principal contratação do Tricolor na temporada 2018.

De acordo com Frota, o então eleito vice-presidente do Sampaio, Josimar de Maranhãozinho, esteve em reunião com a comissão técnica e a gestão de futebol do clube e se comprometeu a arcar com os salários do novo camisa nove da Bolívia Querida. O deputado estadual deu carta branca para escolha do goleador.

– Eu ganhei uma boa notícia para torcida boliviana. Estive ontem (quarta-feira) em reunião até o fim da noite com o Diá e ele me falou da falta do volante e do centroavante por conta da situação que foi criada pelo Felipe Alves. E o nosso vice-presidente, o deputado estadual, Josimar de Maranhãozinho, se comprometeu em arcar com os custos desse camisa nove. Disse que podia buscar esse atacante. Então estamos fazendo algumas negociações e tenho certeza que vamos conseguir trazer um grande jogador para ser o nosso camisa nove em 2018 – disse o presidente do Sampaio, Sérgio Frota, em entrevista à Rádio Timbira AM, em um evento político.

A ideia do Sampaio Corrêa é anunciar e apresentar esse novo camisa nove até a próxima semana. Mas tudo vai depender do processo de negociação. De acordo com o que o Blog do Afonso Diniz conseguiu apurar existe uma lista com três atletas que já iniciaram pré-temporada em outros clubes nas mãos da direção do clube para negociação.

5 comentários em “Deputado se propõe a bancar novo camisa nove do Sampaio”

  1. Nada contra um cara financiar um jogador de futebol se a renda dele declarada à Receita Federal for suficiente. Não é bacana um clube de futebol popular com o Time do Povo ser financiado por conta da miséria do povo da Região do Alto Turiaçu. Se o cara que for financiar um atacante de futebol, um famoso camisa 09, tiver renda declarada para isso na Receita Federal, que o faça. Mas, repito, não é justo que nenhum time de futebol do Maranhão (Moto, Sampaio, Mac, Santa Quitéria) seja financiado às custas da grana dos professores, da saúde, e da humilhação que as pessoas sofrem por conta do arrocho imposto ao povo visando uma sobra financeira para satisfação de gostos e vaidades pessoais, especialmente eleições parlamentares. Geralmente esses beneméritoos aparecem em anos de eleições parlamentares e depois somem, em mais uma fraude contra a multidão.
    Na história do Futebol não é novidade bandidos financiando Clubes Nacionais de grande torcida. O Atletico Nacional era Time do coração de Pablo Escobar, El Che ajudou o time mais popular da Colômbia a conquistar o título nacional de 1989 e a Taça Libertadores da América. O Independiente Santa Fé foi comandado por Fernando Carrillo Vallejo, que em 1989 comprou a maioria das ações do Santa Fe e comandou o time por dois anos. Em 1991, o proprietário foi Phanor Arizabaleta, quinto homem mais importante do cartel de Cali. O Millionarios FC, Em 1986, advogados alemães e Guillermo Gomez comandavam o clube, mas Gonzalo Rodriguez, um dos traficantes mais sangrentos e poderosos da Colômbia matou Guillermo e assumiu o controle do time. Sob o seu comando, o time azul venceu uma liga e voltou a integrar os primeiros lugares no futebol nacional. O América de Cali, Miguel Rodriguez Orejuela, líder do cartel de Cali comandou o time na década de 80 e 90 e era o principal inimigo de Pablo Escobar. Após a saída do traficante, o clube se afundou em dívidas e caiu para a segunda divisão do futebol colombiano. No Independiente de Medellín Hector Mesa foi um dos principais líderes do cartel de Medellín nos anos 80 e consequentemente levou o time da cidade as primeiras colocações do futebol nacional. Apesar de comandar o Independiente de Medellín, o traficante era torcedor do Atlético Nacional.
    No Brasil, ou bandidos financiam os clubes de futebol, ou recebem benefícios políticos por isso, para se promoverem e se elegerem, enganando a incauta torcida . Prova disso é a que a cúpula da CPF e de Clubes de Futebol, com algumas exceções, está indiciada e processada em Tribunais nacionais e nos EUA.
    Não estou a dizer que esse é o caso do Sampaio Correia Futebol Clube, o Time do Povo, com seu novo benemérito, mas a história não deveria se repetir em terras Timbiras.

    Curtir

    1. Concordo com vc vamos aproveitar esses apoios e melhorar nossa estrutura nosso Centro de treinamento., fazendo três campos para treinamento com gramado de qualidade, sendo dois pro profissional e um para as divisões de base isso no mínimo

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s