Futebol

Sampaio está no “grupo da morte” da Copa do Nordeste

Foto: Rafael Ribeiro/CBF

Eu não tenho a menor dúvida que o Sampaio Corrêa faz parte do famoso “grupo da morte” da Copa do Nordeste 2018. A chave é a mais difícil mesmo se a gente for fazer somente uma análise empírica e pesar concorrente por concorrente em cada um dos emparelhamentos. Porém, quando utilizados os dados que a competição apresenta a tese fica ainda mais destacada.

A Copa do Nordeste 2018 conta com 16 times divididos em quatro grupos. Deste apenas três estão na Série A (Bahia, Vitória e Ceará), a equipe cearense está no Grupo D do Sampaio, o que representa um terço das maiores forças. Da Série B a competição apresenta também somente três equipes (CSA, CRB e Sampaio) e o “grupo da morte” tem dois times (Sampaio e CSA), ou seja, dois terços do segundo mais forte esquadrão da competição.

Da Série C, terceira faixa, a Copa do Nordeste tem sete representantes (ABC, Salgueiro, Globo, Confiança, Santa Cruz, Náutico e Botafogo-PB). O dificílimo Grupo D fecha a chave com um representante desta camada: o Salgueiro. Ou seja, a chave da morte é a única que não tem nenhum time dos últimos esquadrões, mesmo tendo que ter quatro times no grupo.

Um da A, dois da B e outro da C.  É sim o tal “grupo do morte”. E por ter essa nomenclatura, ninguém pode se considerar com chances de mais ou de menos. Nem tanto ao mar, nem tanto ao céu. Na minha opinião, nem o Ceará é amplo favorito por estar na A e nem o Salgueiro é super candidato a ser o saco de pancadas da chave por está na C.

Pelo contrário, por ter esse carimbo, acredito em um grupo totalmente aberto e não me surpreenderia se o Ceará ficasse fora ou o Salgueiro se classificasse. É claro que, no senso comum e antes da bola rolar, a briga que a gente imagina é entre Ceará, Sampaio e CSA pelo maior investimento e pelo momento que vivem atualmente. Mas, repito, tudo em aberto.

Não tem jeito é aquela receita que a gente já cansou de ouvir. Fazer o dever de casa e aprontar como visitante. Só sei que não perco um jogo desse grupo por nada. Nesta quinta-feira, tem CSA e Sampaio lá em Maceió e vejo o Tricolor com condições de surpreender os azulinos lá dentro. Mas já nesta terça-feira, tem Salgueiro e Ceará, em Pernambuco. Se tivesse uma moeda de ouro apostaria no Carcará. Afinal, o grupo é da morte….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s