Futebol Maranhense

Quem pegou o melhor grupo na Série D 2018?

Ainda é muito prematuro para fazer qualquer tipo de análise sobre qual caminho é mais difícil ou mais fácil com a tabela divulgada pela CBF da Série D 2018. Muita coisa ainda pode acontecer no percurso da competição e o andamento das rodadas vai poder nos responder com mais firmeza.

Porém, pela tradição, histórico, poder de investimento e andamento dos bastidores diria que dos três maranhenses na Série D a mais difícil missão é a do Imperatriz.

O Cavalo de Aço tem simplesmente na sua chave o grande favorito da competição. O América-RN é a equipe mais tradicional e de maior investimento deste Brasileiro da Série D. Aliás, já foi ano passado e bateu na trave. Ou seja, vai buscar cortar erros de 2017 e a expectativa é que venha este ano ainda mais forte.

Ainda na chave do Imperatriz, o Guarany de Juazeiro, que sempre faz times competitivos e ano após ano vem dando trabalho. Pra completar este grupo A6 ainda tem o Belo Jardim-PE, desconhecido, mas de uma praça forte em investimento. Vai ser duro demais, mas se o Imperatriz se preparar pode ser outra grande força da chave.

Vejo Moto e Cordino com grupos equiparados. Na chave rubro-negra a principal força é o Altos-PI, que tem muita força de investimento por meio da prefeitura, recebeu boa cota da Copa do Brasil, do Nordeste e já vem calejado na competição.

No grupo do Cordino, o Ferroviário-CE seria justamente o Altos-PI da chave do Moto. Os cearenses estão resgatando sua tradição. Tem as mesmas cotas do Nordeste e da Copa do Brasil e chegou inclusive a terceira fase desta Copa do Brasil, eliminando o Sport. Só no torneio nacional já levou 2,5 milhões de reais. Vem muito forte na Série D o Ferrão. Favoritíssimo.

Os outros times da chave de Moto e Cordino também se equivalem. Do lado rubro-negro, Assu-RN e Sparta-TO. Na parte da Onça o 4 de Julho-PI e o Interporto, times que se equivalem em tamanho e poder de investimento.

Penso que é possível nossos três representantes passarem. Mas, em linhas gerais, diria que o Imperatriz tem um grupo bem difícil e Moto e Cordino tem chave complicada pelo poder de investimento de Altos-PI e Ferroviário-CE, respectivamente.

Mas acredito também que um bom planejamento feito pela nossas equipes e  uma boa captação de recursos possa superar esse cenacen. Futebol não é ciência exata e temos que esperar a bola rolar.

Grupos dos Maranhenses na Série D 2018

Grupo A4: Cordino, 04 se Julho-PI, Interporto-TO e Ferroviário-CE

Grupo A5: Moto Club, Sparta-TO, Altos-PI e Assu-RN

Grupo A6: Imperatriz, America-RN, Belo Jardim-PE e Guarany de Juazeiro-CE

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s