Futebol

Dos semifinalistas, apenas um clube não regularizou dívidas no TJD-MA

Parece que depois da divulgação da polêmica portaria das dívidas dos clubes no Tribunal de Justiça Desportiva as coisas vão ficando em seu devido lugar. Em entrevista no Bom Dia Mirante na manhã desta quarta-feira (27), a presidente do Tribunal de Justiça Desportiva do Maranhão, Márcia Andréa Pereira, fez uma retificação e disse que o Sampaio não deveria está na lista publicada em portaria e adiantou que a maioria dos clubes já a procuraram.

– Em verdade eu gostaria de fazer uma retificação. O clube Sampaio Corrêa de fato ele não deve e inclusive foi citado em uma portaria que não era a oficial ainda. Os demais clubes sim. Tanto que alguns já procuraram o Tribunal para parcelar dívidas, outros já pagaram porque as dívidas eram menores e tiveram outros que não nos procuraram. Os clubes que não pagarem ficam fora das competições por força da lei. O próprio CBJD determina que quando o clube não nos procurar nem para o parcelamento, nem para o pagamento, a sanção dele é a suspensão até pague a dívida – disse.

Márcia Andréa Pereira falou também sobre a crítica que o TJD-MA recebeu a respeito do momento da cobrança feita aos clubes, em plenas semifinais do Campeonato Maranhense. A presidente do Tribunal de Justiça Desportiva do Maranhão disse que notificou clubes e FMF e ainda concedeu novos prazos.

– Essas dívidas são referentes ao ano de 2017. Eu posso responder sobre de 2019, tanto que oficiei a Federação para chamar os clubes, porque os mesmos são afiliados a ela e a FMF me pediu um aumento de prazo de 15 dias, eu concedi, no entanto, um clube pagou outro não. A FMF pegou para si esse pagamento para não prejudicar o campeonato. Essa decisão não foi tomada agora. Vem sendo tomada desde minha gestão, quando chego para despachar os processos de 2019 estão lá. Não é verdade que os clubes não foram notificados. Eu jamais tomaria uma decisão arbitraria. Até mesmo no julgamento da Comissão Disciplinar, muitos desses clubes eles tem advogados e já saem sabendo do resultado do julgamento e os resultados são publicados – afirmou.

Por fim, a presidente do TJD-MA revelou que é provável que não haja paralisação do Campeonato Maranhense, pois dos quatro semifinalistas, três já estão com situação regularizada. A única pendência, segundo Márcia Andréa Pereira, é quanto ao MAC.

-Não só o Sampaio está adimplente. Desde a publicação desta portaria os clubes vem nos procurando. O Imperatriz nos procurou e inclusive o dirigente do Imperatriz está na cidade, esteve ontem (terça) no Tribunal e vai oficiar um pedido de parcelamento. O Moto Club pagou e então só falta um clube nos procurar que é o Maranhão – finalizou.

Em nota o Maranhão Atlético Clube disse que “o Maranhão esgotará todas as instâncias recursais e caso não obtenha êxito procederá o adimplemento devido.” O Quadricolor informou ainda que “em nenhum momento, a diretoria do MAC foi notificada sobre débitos junto ao TJD-MA, exceto pela repercussão da citada portaria nos meios de comunicação. Ciente, após consulta ao referido tribunal, da existência de dívida no valor de R$ 4,3 mil, relativa à multa por atrasos de jogos na temporada passada e ao ex-auxiliar técnico Zé Augusto, expulso em partida contra o São José, o Maranhão esgotará todas as instâncias recursais e caso não obtenha êxito procederá o adimplemento devido.”

As semifinais do Campeonato Maranhense começam no próximo dia dois de abril, com o jogo entre Sampaio e Imperatriz. Dois dias depois será a vez do duelo de ida entre MAC e Moto. Ambos os confrontos da fase de ida acontecem no Castelão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s