Futebol Maranhense

Ferida aberta no Sampaio: diagnóstico e tratamento em forma de crônica

A derrota diante do Iape, na última rodada da fase de grupo do Campeonato Maranhense pode não ter alterado tanto o caminho do Sampaio na competição, mas deixou mais visíveis algumas feridas que o clube tentava estancar no percurso da temporada. Depois do sexto lugar no Brasileiro da B na temporada passada, o Tricolor optou por reformular e começar do zero e esse tratamento além de ter causado danos a saúde técnica e tática da equipe ainda trouxe consigo alguns problemas psicológicos.

As apostas novamente em um elenco e comissão técnica aquém do que pode se chamar de “grife de Série B” como já se viu em temporada infrutíferas da equipe, desencadeou no torcedor lembranças negativas em uma espécie de gatilho, que disparou com os insucessos no percurso de 2021.

A eliminação precoce para o Rio Branco-ES na Copa do Brasil trouxe uma ferida aberta e o time sangrou muito em todas as suas valências, afetando a saúde financeira e trazendo sensíveis traumas, visto que o fracasso diante do Águia Negra-MS, em 20, ainda estava cicatrizando.

No Maranhense e na Copa do Nordeste o time até avançava, mas, nitidamente, tinha dificuldade de seguir a receita de seu doutor e quando teve que aumentar a dose para superar adversários mais árduos esbarrou na falta de apetite e se mostrou um time sem força, inofensivo e quando acendia uma fagulha que seja, era ineficiente e não levantava sua chama encarnada tão caracterítica.

CSA, Ceará, o Superclássico e por último o Iape, que conseguiu se livrar da degola do Estadual e avançou na competição depois de vitória contudente sobre o Tricolor dentro do Castelão, são sucessivos cortes na ferida viva que ardem sobre o Tubarão. Doutor, qual o diagnótisco? Pois é cristalino que temos uma patologia dado todos estes sinais clínicos, correto?

Ora, primeiro é preciso ter um entendimento entre clube e comissão técnica sobre qual modelo de tratamento este paciente quer usar. O tratamento narrado como moderno implica em linhas avançadas, posse de bola e um futebol massantemente paciente e horizontal, que demanda uma mão – ou pé – de obra altamente qualificada. Ela realmente é compatível com o característico formato agressivo, vertical e veloz, que sempre foram marcas do clube na vida saúdavel e cheia de conquistas?

Se não servir, vejam, é só investigar o DNA do paciente. Que tal também fazer um check-up dos equipamentos que esta clínica possui para assim depois escolher por onde tratar? Será que o antes escolhido tratamento moderno, que ratifico, implica em linhas avançadas, posse de bola e um futebol paciente e horizontal vai contar com funcionários gabaritados suficientemente para executar cada função?

Ora, se já é indubitável a necessidade de ir até o mercado de trabalho para realizar tarefas menos ‘modernas’ que as exigidas, que dirá… Não nos enganemos o encarnado está aí em cores vivas…

A consulta pode até ser dada e como o time é do povo o próprio SUS atende e nem se cobra nada. Agora, o paciente boliviano e os seu reponsável maior é que precisa escolher como irá realizar esse tratamento. Se seguindo as diretrizes apontadas pelo seu DNA e entendendo as limitações de seus componentes ou aventurar em uma fórmula ineficaz, que já ficou provado que não deu certo por tudo já elencado. Vai ficar tomando esses comprimidos somente porque comprou uma caixa de remédio para o ano inteiro? Seria tão mais fácil se tivesse lido a bula…

Um comentário em “Ferida aberta no Sampaio: diagnóstico e tratamento em forma de crônica”

  1. Afonso parabéns pelo o que você escreveu eu moro em Recife e não consigo entender pq o SCFC todo ano tem que desmontar e montar o time . O náutico aqui continua com o mesmo time de 2019 claro com reforços se preparando para a série B. E o SCFC?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s