Futebol Maranhense

Começo dos maranhenses no Brasileirão é sim positivo

Com os dois jogos do Sampaio na Série B e as estreias na D dos outros três representantes maranhenses no Brasileirão, tivemos um saldo de quatro empates e apenas uma vitória que, apesar de já ter visto muita gente dizer o contrário, considero resultados positivos de uma maneira geral.

Digo isso por uma série de aspectos naturais como começo de competição, nível de adversário, circunstância de jogo e o principal: o contexto de nossas equipes. Todas – eu disse todas – passaram por mudanças sensíveis no elenco e em suas respectivas comissões técnicas em relação ao Estadual e isso demanda sim um custo e um tempo de maturação.

Sampaio começou com Guanaes, passou por Daniel Neri e estreou Felipe Surian dentro da competição. O Moto começou com Guerreiro, teve Júnior Amorim e estreou Carlos Ferro no último domingo.

Marcinho Guerreiro que também estreou no Juventude, que tinha antes o técnico Toninho Pesso. O Imperatriz estreou também na competição um treinador: Mirandinha. Antes tinha como comandante Jairo Nascimento e Charles Guerreiro. Tudo isso em menos de um ano!

O positivo é que apesar de tudo isso ambos iniciam este processo pontuando em competições que cobram no fim uma regularidade. É claro que existe um nível de cobrança natural, mas neste começo o mais prudente é a cautela inclusive novamente para as rodadas deste fim de semana.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s