Futebol

Sampaio e Moto contra os alagoanos: escalações e arbitragens

Foto: Rafael Ribeiro/CBF

Na noite deste domingo (3) os dois principais times maranhenses duelam contras as duas principais equipes alagoanas pela Copa do Nordeste. No Castelão, o Sampaio Corrêa recebe o CSA, e, no Rei Pelé, o Moto Club visita o CRB. Ambos os confrontos serão realizados às 19h30 (horário do Nordeste).

As quatro equipes não vivem um bom momento na competição, pois nas duas rodadas anteriores não conseguiram vitória. Moto, CSA e CRB, em contrapartida, não perderam e somaram até aqui dois pontos. A pior situação é a do Sampaio que tem apenas um ponto.

Ainda neste domingo (3) outros dois times maranhenses entram em campo. Pelo Estadual, São José e MAC se enfrentam no Serejão, em Rosário, às 15h30.

Os jogos terão transmissão do GloboEsporte.com e da Rádio Mirante. Confira escalações e arbitragem das partidas.

Sampaio: Rodrigo Santos; Yan, Moisés, Paulo Sérgio e Rômulo; Dedé, João Felipe, Medina e Talison; Edgar e Maxuell Samurai. Téc. Flávio Araújo.

CSA: João Carlos; Joazi, Gerson, Castan e Pedro Rosa; Amaral, Dawhan, Didira, Régis e Matheus Sávio; Patrick Fabiano. Téc. Marcelo Cabo.

Arbitragem: o árbitro do jogo será Léo Simão Holanda, com as assistências de Anderson Moreira de Farias e Renan Aguiar da Costa. O trio é cearense. O quarto árbitro é Paulo José Sousa Mourão, do Maranhão.

 

Moto: Rodolfo; Gleisinho, Lucas Dias, Alisson e Mateus Mendes; Nailson, Lucas Hulk, Juninho Arcanjo e Márcio Diogo; Evandro Russo e Danilo Galvão. Téc Wallace Lemos.

CRB: Edson Mardden; Ferrugem, Matheus Damasceno, Wellington Carvalho, Edson e Igor; Claudinei, Mateus Silva, Felipe Menezes e Guilherme; Hugo Sanches e Victor Rangel. Téc Roberto Fernandes.

Arbitragem: o árbitro será Cláudio Francisco Lima e Silva, com assistências de Eric Nunes Costa e Thiago Emanuel Reis de Albuquerque. O trio é de Sergipe. O quarto árbitro é José Reinaldo Figueiredo da Silva Filho, de Alagoas.

 

Futebol

Sampaio perde em casa para o CSA e só se livra com um milagre

Foto: Lucas Almeida

Foi um verdadeiro balde de água fria naquela esperança que ainda resistia. Jogando em pleno estádio Castelão, o Sampaio fez uma péssima partida e perdeu por 3 a 2 para o CSA, na noite desta sexta (2).

No primeiro tempo, o CSA saiu na frente com Celsinho e o Sampaio chegou a virar o jogo ainda na etapa inicial com gols de Esquerdinha e Matheusinho. Entretanto, no segundo tempo, com falhas da defesa e do goleiro Andrey, Neto Berola fez dois gols e deu a vitória aos alagoanos.

Foi um jogo muito ruim do Sampaio. O time esteve abaixo da crítica em praticamente tudo. De positivo só teve maior posse de bola e aquela falsa impressão de domínio, porque foi uma escolha do CSA jogar em linhas baixas.  Saída de bola muito ruim, passes considerados fáceis se tornaram um tormento e todos aqueles erros já tradicionais no último terço do campo. Cruzamentos para ninguém e escolhas sempre equivocadas. Da finalização nem se fala, pois essa parece uma carma.

As entrevistas dos jogadores e do técnico Marcinho Guerreiro foram ainda mais entristecedoras. Deixaram bem claro nas entrelinhas que não mais acreditam – assim como eu – pela realidade que se apresenta. Não dizem diretamente, pois são valentes e vão se apegar até a última gota matemática.

Vou fazer das palavras de Sobral as minhas: “Vamos esperar um milagre”. A ideia é vencer quatro jogos dos próximos quatro.

O próximo jogo será nesta segunda-feira (5), contra o Goiás, no Olímpico. A partida está marcada para às 19h (horário de Sao Luís).

Futebol

Sampaio x CSA: escalações e arbitragem

Em duelo pela 34ª rodada do Brasileiro da Série B, Sampaio Corrêa e CSA se enfrentam nesta sexta-feira (2), às 21h30, no estádio Castelão. O confronto nordestino é um duelo de distintos dentro da competição, haja vista o posicionamento de cada equipe na classificação da competição.

O Tricolor luta para permanecer na Série B e neste momento é o 19º colocado com apenas 32 pontos. Já o CSA sonha com o acesso à Série A, tem 54 pontos e por conta do empate do Goiás na rodada já caiu para quarta colocação e busca seguir na zona de classificação nesta reta final do Brasileirão.

No Sampaio, o técnico Marcinho Guerreiro irá fazer quatro alterações. Luis Gustavo volta após suspensão na vaga de Bruno Moura. Por opção, Jocinei, Esquerdinha e Jheimy ganham os lugares de Diego Silva, Danielzinho e Uillian Barros, respectivamente. Willian Oliveira e Alvinho estão vetados por conta de problemas clínicos.

O CSA não tem baixas e o técnico Marcelo Cabo já confirmou que vai repetir a formação da última rodada, quando o Azulão venceu o Brasil de Pelotas, por 2 a 0. O último treino da equipe foi nessa quinta (1), no Castelão.

Sampaio: Andrey; Luis Gustavo, Joécio, Odair e Julinho; Adilson Goiano, Jocinei, Fernando Sobral, Esquerdinha e Matheuzinho; Jheimy. Téc. Marcinho Guerreiro.

CSA: Lucas Frigeri; Celsinho, Leandro Souza, Xandão e Rafinha; Yuri, Dahwan, Didira e Daniel Costa; Hugo Cabral e Walter. Téc. Marcelo Cabo.

Arbitragem: Rodrigo Carvalhaes de Miranda apita o jogo. Ele será auxiliado por Thiago Henrique Neto Correa Farinha e Daniel do Espirito Santo Parro. O trio é do Rio de Janeiro.

Futebol

Marcinho confirma time titular do Sampaio para pegar o CSA

Foto: Lucas Almeida/L17 Comunicação

O técnico Marcinho Guerreiro já confirmou qual será a formação titular do Sampaio para o jogo desta sexta-feira (2), contra o CSA, pela Série B do Brasileiro. O treinador vai fazer quatro alterações, sendo que três serão por opção.

No meio-campo com Willian Oliveira seguindo fora, o treinador saca Diego Silva, último titular e aposta na titularidade de Jocinei. Nas articulações Danielzinho perdeu a titularidade e Esquerdinha foi o escolhido. Eloir, que voltou de lesão ficará apenas no banco.

Outra modificação por escolha técnica de Marcinho Guerreiro será no ataque: Uillian Barros deixa o time para entrada de Jheimy. A única alteração que não tem perfil de opção técnica é a volta de Luis Gustavo após suspensão no lugar de Bruno Moura.

A formação já confirmada por Marcinho Guerreiro tem Andrey; Luis Gustavo, Joécio, Odair e Julinho; Adilson Goiano, Jocinei, Fernando Sobral, Esquerdinha e Matheuzinho; Jheimy. O Tricolor fecha sua atividade em treinamento no CT na tarde de desta quinta-feira (1).

Os ingressos para o jogo variam de R$ 20,00 a R$ 50,00. O confronto entre Sampaio e CSA será realizado nesta sexta-feira (2), às 21h30, no Castelão.

Futebol Maranhense

Sampaio x CSA: análise sobre o empate sem gols

Ainda bem que a classificação para as quartas de final já estava garantida. Pois se dependesse do jogo da noite desta quinta-feira (29), contra o CSA, no Castelão, as emoções iriam à flor da pelo. Diante dos reservas azulinos, o Tricolor não saiu do 0 a 0 em um jogo fraco em todos os aspectos.

O Sampaio Corrêa fez uma partida ruim taticamente, não encontrou sua linhas e teve bastante dificuldade da criação mesmo com posse bola superior, dado que o CSA abdicou da partida. Pouca intensidade e transição ofensiva e defensiva muito lenta, que liga o alerta dado os desafios que vem pela frente.

Tecnicamente até os principais jogadores não foram bem. As caras novas pouco apresentaram, exceção feita ao volante William Oliveira que fez um jogo bastante seguro e demonstrou que pode ajudar bastante. O Maradona foi pouco acionado, mas não foi um dos piores. Quem esteve abaixo demais foi o meia João Paulo que ainda não se encontrou na equipe.

O Sampaio ficou na segunda colocação com nove pontos, já que o Ceará goleou o Salgueiro na rodada e foi a 13. O adversário do Sampaio nas quartas de final será definido por meio de sorteio. Os jogos decisivos só acontecem em maio.

Futebol Maranhense

Sampaio x CSA: escalações e arbitragem

O Sampaio Corrêa entra em campo na noite desta quinta-feira (29), no Castelão, diante do CSA na luta pela primeira colocação do Grupo D da Copa do Nordeste. O Tricolor precisa vencer o confronto e aina torcer por um tropeço do Ceará que jogará simultaneamente diante do Salgueiro. As partidas serão realizadas às 19h.

O líder da chave neste momento é o Vozão com 10 pontos. O Tricolor tem dois a menos que os cearense. Caso ocorra uma vitória do Sampaio e um empate do Ceará, a Bolívia Querida seria a primeira colocada pelo saldo de gols. A partida entre maranhense e alagoanos terá transmissão ao vivo pela Rádio Mirante AM e pelo GloboEsporte.com.

Sampaio: Andrey; Bruno Moura, Joécio, Fredson e Alyson; Silva, Willian, João Paullo e Marlon; Uillian e Cláudio Maradona. Téc. Francisco Diá

CSA: Mota; Da Silva, Jonathan Vital, Rodrigo Lobão e Paulinho; Dawhan, Joilson, Caique e Yago; Giva e Bruno Veiga. Téc. Rodolfo Oliveira (Auxiliar de Marcelo Cabo).

Arbitragem: Eder Caxias Meneses será o árbitro. José Maria de Lucena Netto e Josiel Ferreira da Silva são os assistentes. O trio é da Paraíba. O quarto árbitro é o maranhense José Henrique de Azevedo Junior

Futebol

CSA X Sampaio: base mantida contra a base perdida

A temporada 2018 vai começar para o Sampaio Corrêa nesta quinta-feira (18), quando o time tricolor visita o CSA pela Copa do Nordeste. A Bolívia Querida enfrenta o desafio de calendário cheio e nesse começo de ano terá que superar uma série de obstáculos, mas um em especial é o mais árduo.

Apesar de ter mantido alguns jogadores da temporada passada, o Sampaio praticamente não segurou sua base titular. A maioria dos atletas que permaneceram do elenco do ano passado eram considerados reservas.

Para se ter uma noção do time provável titular para a partida contra os alagoanos apenas três atletas estavam entre os onze do ano passado. Trata-se do zagueiro Maracás, e dos meias Marlon e Fernando Sobral. Pode-se colocar nessa conta o zagueiro Odair Lucas, que não joga por suspensão. De qualquer forma, muito pouco para se dizer que o Sampaio tem uma base da temporada anterior para iniciar 2018.

O mais intrigante é que se falarmos em remanescentes de uma maneira em geral, sem contar com titularidade, vamos achar atletas no atual time principal que estavam no elenco do ano passado.  Com o zagueiro Fredson, o volante César Sampaio e o atacante Reginaldo Júnior.

No time considerado titular, as caras novas são o goleiro Andrey, os laterais Junio Rocha, Bruno Moura e James, o zagueiro Joécio, o volante Yuri e o atacante Rodrigo Fumaça. Muita coisa para um time que foi bem no ano passado.

Tomando como norte o adversário desta noite, o CSA tem apenas um jogador que não foi campeão brasileiro  da Série C em 2017. Perdeu Jorge Fellipe, negociado com o Desportivo Aves-POR, e Leandro Souza contratado este ano vai para sua estreia.

A própria mudança no ataque com a perda de Edinho, que foi para o Fortaleza, será feita por um jogador que entrava sempre na equipe em 2017, o experiente Didira.

As equipes se enfrentam nesta quinta-feira, às 19h (horário de São Luís), no Rei Pelé, em Maceió-AL. Os times estão no Grupo D da Copa do Nordeste que conta ainda com Ceará e Salgueiro.

CSA: Mota; Celsinho, Leandro Souza, Rodrigo Lobão e Rafinha; Dawhan, Boquita, Marcos Antônio e Daniel Costa; Michel Douglas e Didira. Téc. Flávio Araújo.

Sampaio: Andrey; Junio Rocha, Fredson (Joécio), Maracás e James; César Sampaio, Yuri, Fernando Sobral e Marlon; Bruno Moura (Rodrigo Fuamaça) e Reginaldo Júnior. Téc. Francisco Diá.

Foto: Pei Fon / Portal TNH1