Futebol

Série C 2019: adversários de Sampaio e Imperatriz podem mudar

Com definições de acessos e rebaixamentos nas divisões do futebol brasileiro, projeta-se o panorama de como vai ficar a Série C 2019, que tem Imperatriz e Sampaio como representantes maranhenses. A competição já se apresenta com um problema para o Grupo A (Região Norte-Nordeste) pelo excesso de clubes que chegaram na divisão.

O Blog do Afonso Diniz fez um levantamento e constatou que só com aquilo que já está definido a chave já tem 12 times e dependendo do último rebaixado da Série B – se for CRB ou Paysandu – pode chegar a 13. A dificuldade se encontra, porque cada grupo tem que ter apenas dez equipes e, portanto, de dois a três times deverão ser deslocados para o Grupo B (Centro-Oeste, Sudeste e Sul).

Os times do Norte-Nordeste que já estão garantidos na Série C são: Náutico, Atlético-AC, Santa Cruz, Botafogo-PB, Confiança, Remo, Globo, ABC – que permanecem – Ferroviário-CE, Imperatriz, Treze – que subiram da D – e Sampaio – que caiu da B. A conta aumenta se o último rebaixado da Série B for Paysandu ou CRB.

O Grupo B (Centro-Oeste, Sudeste e Sul) já tem definidos os times seguintes: Luverdense-MT, Tombense-MG, Ypiranga-RS, Volta Redonda-RJ – que permanecem – São José-RS – que subiu da D – Boa Esporte-MG e Juventude-RS – que desceram da B. A conta pode aumentar de sete para oito se o último rebaixado da Série B for Criciúma, Oeste ou Figueirense.

A dúvida é saber qual critério vai ser utilizado pela CBF para tirar de duas a três equipes da Chave A. Clubes como Confiança, Atlético-AC e Imperatriz tem que ficar de olho, pois podem ser os escolhidos por questão de logística e distância territorial. Entretanto, caso o Paysandu seja o último rebaixado da Série B, existe uma corrente para se levar a dupla Re-Pa para a outra chave. Sendo que neste cenário mais um clube teria que ser deslocado, muito provavelmente o Atlético-AC.

Vale lembrar que times do Norte como Paysandu, Remo e Atlético-AC  – os dois últimos já confirmados na Série C 2019 – vem disputando a Copa Verde, que além de times desta região conta com clubes do Centro-Oeste e Sudeste.

É importante a FMF já se adiantar e ficar por dentro do que está sendo estudado para que seus filiados, Sampaio e Imperatriz, não sejam os prejudicados nas mudanças que virão pela frente. Outra saída seria a tão esperada competição com todos os 20 times em pontos corridos, mas a chance é remota pela logística e viabilidade financeira do torneio.

Futebol Maranhense

Maranhense 2019: tabela base, datas, novas cidades, revisões e mais detalhes

Foto: FMF/Divulgação

Em congresso técnico realizado nesta quarta-feira (7), a Federação Maranhense de Futebol definiu uma série de diretrizes do Campeonato Estadual 2019. Todos os oito clubes estiveram representados na reunião e a tabela proposta pela FMF foi apresentada.

O Campeonato Maranhense vai começar no dia 19 de janeiro e seguirá o padrão de 2018, com oito equipes na fase de grupos, onde os quatro melhores avançam para semi e final, posteriormente. Toda a primeira fase será em apenas jogos de ida. As equipes com melhor campanha na classificação geral jogarão pelo empate no placar agregado, enquanto o último colocado será rebaixado.

A partida de abertura será entre Imperatriz e Santa Quitéria, no dia 19 de janeiro (sábado), no Frei Epifânio da Abadia. A primeira rodada será fechada no dia seguinte, com Pinheiro e Moto, Cordino e Maranhão e Sampaio e São José.

O Superclássico entre Moto e Sampaio já tem data pré-marcada: dia 10 de fevereiro. O mando de campo será da equipe rubro-negra.

Durante a reunião, os clubes fizeram suas pontuações e vão protocolar pedidos de revisão da tabela como mandos, datas entre outras demandas. A tabela definitiva da competição deve ser divulgada pela FMF nos próximos 15 dias após avaliação de todos os pedidos.

Novas praças

Além da boa participação de Pinheiro, que subiu este ano para Série A do Maranhense, como nova praça para o futebol maranhense, outras duas cidades deverão entrar como sedes de jogos. O Santa Quitéria quer mandar seus jogos em São Mateus e o São José quer fazer suas partidas em Rosário.

No caso da Raposa, o estádio Rodrigão, não estaria sendo liberado pela prefeitura do município de acordo com a direção do Santa Quitéria. Quanto, ao Dário Santos, estádio do São José, o problema é estrutural e não terá condições de receber público.

Maranhense 2019

1ª rodada
19/01 – Imperatriz x Santa Quitéria
20/01 – Pinheiro x Moto
20/01 – Cordino x Maranhão
20/01 – Sampaio x São José

2ª rodada
23/01 – Moto x Imperatriz
23/01 – Cordino x Sampaio
24/01 – Maranhão x Pinheiro
24/01 – Santa Quitéria x São José

3ª rodada
30/01 – Sampaio x Imperatriz
30/01 – São José x Maranhão
31/01 – Santa Quitéria x Moto
31/01 – Pinheiro x Cordino

Futebol Maranhense

Imperatriz dá ‘chapéu’ no Moto e anuncia Ruy Scarpino

Anunciado oficialmente pelo Moto Club como técnico para temporada 2019, Ruy Scarpino retroagiu da decisão e resolveu acertar com o Imperatriz. A confirmação foi feita pela própria diretoria do Cavalo de Aço e pelo treinador ao Blog do Afonso Diniz.

“Acho que vou ter um tempo melhor e uma condição melhor para fazer o trabalho. A indecisão sobre alguns aspectos do Moto pesaram bastante. Percebi algumas coisas e fiquei meio inseguro. Fechei hoje (sexta) com o Imperatriz. Conversamos duas vezes e acertei. Devemos começar lá em dezembro”, disse Scarpino.

A nossa reportagem Ruy também revelou que procurou a direção do Moto Club para comunicar sua decisão, mas não conseguiu contato com o presidente rubro-negro, Natanael Júnior, e informou sobre o assunto ao gerente de futebol, Serginho. O Moto Club ainda não se pronunciou oficialmente sobre o caso.

A direção do Imperatriz confirmou ainda outros nomes que comporão a comissão técnica com Ruy Scarpino. O preparador de goleiros, Tião Scarpino, irmão de Ruy e que também estava nos planos do Moto,  e o auxiliar técnico Marcelo Copertino. O clube está fechando ainda uma preparador físico e um analista de desempenho.

Futebol Maranhense

Deliberativo do Moto antecipa cota e presidente do clube diz não saber de nada

Durante esta semana, em um grupo criado pela assessoria de comunicação da Federação Maranhense de Futebol (FMF) levantou-se o questionamento da confirmação a respeito do adiantamento de cotas de Moto Club e Imperatriz junto a Confederação Brasileira de Futebol. A FMF informa que repassou a quantia de R$ 100 mil a cada clube, que se posicionaram logo em seguida.

A diretoria do Cavalo de Aço, por meio de seu vice-presidente, Rodrigo Oliveira, de pronto confirmou ter recebido o depósito de R$ 100 mil reais ainda no período que estava disputando à Série D do Brasileiro. Entretanto, o presidente do Moto, Natanael Júnior, negou ter recebido qualquer quantia.

“Eu como presidente do Moto não recebi nenhum valor referente a essa antecipação. Inclusive esse recurso será providencial para o Moto quitar suas pendências desse ano. Inclusive quero ressaltar que eu como presidente do Moto não solicitei nenhuma antecipação” – disse Natanael.

O Blog do Afonso Diniz procurou o presidente da FMF, Antônio Américo, que diz que a solicitação do adiantamento de cotas foi feito pelo presidente do conselho deliberativo do Moto Club, Cursino Raposo. De acordo com Américo, o pagamento foi feito a Raposo por meio de cheque.

“O Presidente do Moto não pediu, quem pediu pelo Moto foi o Presidente do Conselho Deliberativo do Moto, Raposo, mas com o conhecimento do Natanael que, segundo me informou Raposo, recebeu – Natanael – uma parte desse dinheiro. O cheque foi entregue à Raposo mediante recibo, pois não pode ser feita transferência bancária já que a conta do Moto está penhorada. O Imperatriz recebeu via transferência bancária” disse Américo.

Procuramos ainda o presidente do conselho deliberativo do Moto, Cursino Raposo, que confirmou por telefone que recebeu a quantia de R$ 100 mil referente a antecipação de cotas juntos a CBF via FMF. Raposo informou que o dinheiro está na posse do deliberativo, por conta de penhoras que o clube tem sofrido e que inclusive o presidente do Moto, Natanael Júnior, tem conhecimento do que foi feito.

A cota antecipada pelo Moto Club foi referente a participação na Copa do Brasil 2019, que ainda não teve valor total confirmado pela CBF. A divulgação do montante para cada clube será feita de acordo com Ranking Nacional de Clubes da entidade. Além disso, o Rubro-negro ainda receberá R$ 510 mil pela participação na Copa do Nordeste 2019.

Repercussão 

Após a publicação desta matéria, o presidente do Moto Club, Natanael Júnior, nos procurou para fazer o que chamou de uma “atualização” do caso. O dirigente revelou que terá uma reunião ainda nesta terça (9) com Raposo.

“Amigo Afonso, ainda não recebi nenhum valor, vou me reunir com Raposo hoje à tarde. Conversamos sobre as prioridades do Moto a serem pagas e o conselho tem a proposta dele para a aplicação do recursos. Mas ainda não chegamos a uma definição, qualquer outra declaração darei hoje à tarde depois de me reunir com ele”, enviou Natanael.

Rádio

Bola na Rede da Mirante AM em novo horário

Tércio Dominice, apresentador do Bola na Rede

Em uma grande sacada do Departamento de Radiojornalismo da Mirante AM, o programa líder de audiência das noites esportivas maranhense terá novo horário. Apresentado por Tércio Dominice, o Bola na Rede será veiculado agora das 19h às 21h.

O programa  também ganhará uma nova roupagem atendendo a convergência das mídias eletrônicas que batem às portas. As notícias passam também a entrar no ar de maneira mais quente, visto que o Bola na Rede a partir de agora entrará no ar logo após os principais treinamentos das equipes maranhenses.

A alteração na grande vem seguindo uma tendência no meio radiofônico desde da flexibilização da tradicional Voz do Brasil, que agora vai ao ar às 21h na Mirante AM. Em dias de transmissões esportivas o Bola na Rede não será veiculado.

“Era uma coisa que a direção da empresa vinha maturando e neste mês resolvemos apostar nesse novo horário. Estamos seguindo uma tendência para sempre bem informar nosso ouvinte na hora em que ele prefere. Tenho certeza do sucesso desse novo horário” disse o coordenador da Rádio Mirante AM, Zeca Soares.

A estreia do novo horário do Bola na Rede será nesta quinta-feira (2). O programa pode ser ouvido pelos 600 khz e ainda pela internet no miranteam.com.

Parabéns à direção da dona da bola. Foi um golaço!

Futebol

Imperatriz perde nos pênaltis para o Treze e deixa sonho de título escapar

Foto: Jefferson Cariri / Divulgação

Não foi dessa vez que o Imperatriz chegou a uma inédita final de Brasileiro. Na noite desta segunda-feira (23), o Cavalo de Aço perdeu por por 1 a 0 no tempo normal e nos pênaltis foi derrotado por 2 a 1 no estádio Amigão e foi eliminado da competição.

O único gol da partida foi marcado somente na etapa final. Após vacilo da defesa do Imperatriz, Maxuel Samurai marcou de cabeça.

Nos pênaltis, o Imperatriz foi muito mal e perdeu quatro pênaltis. Mesmo perdendo dois, o Treze levou a vaga na final após vitórias nas cobranças de penalidade por 2 a 1.

Vale lembrar que o Imperatriz mesmo fora da Série D já garantiu o acesso à Série C em 2019. Na final da Série D 2018, o Treze enfrenta o Ferroviário-CE, que passou pelo São José-RS. Por conta da melhor campanha, o jogo de volta será realizado em Campina Grande, no estádio Amigão.

As partidas da grande final da Série D ainda não tiveram tabela detalhada divulgada pela CBF. A tendência é que os jogos aconteçam nos próximos fins de semana.

Futebol

Treze x Imperatriz: escalações e arbitragem

Imperatriz e Treze fazem os últimos 90 minutos da semifinal do Brasileiro da Série D na noite desta segunda-feira (23). As equipes se enfrentam, às 21h15, no estádio Amigão, com o Cqavalo de Aço jogando por vantagem.

A equipe maranhense venceu o jogo da ida por 1 a 0 e agora joga por um empate para avançar para a grande final da competição. Vitória do Treze por um gol de diferença leva a decisão da vaga para os pênaltis. Os paraibanos só avançam de forma direta se vencerem por dois gols de diferença.

O duelo terá transmissão do GloboEsporte.com e Rádio Mirante AM. Confira escalações e arbitragem para partida.

Treze: Mauro Iguatu; Brumati, Ítalo e Nilson Júnior; Silva, Carlos Copetti, Leilson; Rayllan e Marcelinho Paraíba; Maxuell Samurai e Leandro Love. Técnico Flávio Araújo.

Imperatriz: Jean; Gabriel Paulino, Anderson, André Penalva e Renan Luis; Cloves, Daniel Barros e Eloir; Adauto, Lucas Silva e Kaká. Técnico: Marcinho Guerreiro.

Arbitragem: Caio Max (RN) apita o jogo, auxiliado por Flavio Gomes (RN) e Lorival Candido (RN).