Futebol Maranhense

Pinheiro vence MAC em pleno Castelão

Foto: Igor Leonardo / Maranhão

Em confronto realizado na noite desta quinta-feira (24), no Castelão, o Pinheiro surpreendeu e venceu o Maranhão, por 1 a 0. A partida foi válida pela segunda rodada, mas marcou a estreia do PAC no Estadual.

A rede balançou logo no começo do primeiro tempo. Aos 16 minutos, após cobrança de escanteio, Heider cabeceou na trave, Juninho Pindaré aproveitou a sobra e fez o único gol da partida. O PAC ainda teve que jogar boa parte do jogo com um a menos, pois aos oito minutos da segunda etapa, depois cometer falta em Deylon, Jadão recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

Com a vitória, o Pinheiro soma seus três primeiros pontos no Campeonato Maranhense logo na primeira partida. O Quadricolor permanece com os mesmos três. Ao lado de Moto e Imperatriz, as equipes dividem a segunda colocação da competição. O líder é o Sampaio com seis. Vale lembrar que PAC e Moto tem uma partida menos que os rivais.

O próximo compromisso do Maranhão será na quarta-feira (30) diante do São José. Já o Pinheiro complementa jogo pela primeira rodada no estadual contra o Moto Club, neste domingo (27) no estádio Costa Rodrigues.

Outro duelo

Na tarde desta quinta-feira (24) na cidade de São Mateus, Santa Quitéria e São José empataram em 1 a 1. Pela Raposa, Diogo abriu o marcador, ainda no primeiro tempo. Na segunda etapa, Dikinho marcou e deu números finais a partida.

Futebol Maranhense

Apenas o campeão maranhense 2018 estará garantido na Série D 2019 do Brasileiro

Tenho visto muita gente colocar como certo que o vice-campeão do Campeonato Maranhense 2018 irá garantir vaga para à Série D do Brasileiro do ano que vem. No entanto, não é isso que o regulamento atual da competição diz.

Diferente dos anos anteriores, apenas o campeão está garantido na quarta divisão nacional. A outra vaga do Maranhão na Série D será definida em um outro torneio. Veja abaixo o que diz o regulamento do Campeonato Maranhense 2018 sobre o tema:

No texto do regulamento até consta vaga para algum time que não for campeão, mas desde que o clube acima na classificação já tenha se garantido em competições superiores, que não é o caso neste Estadual, já que a única equipe maranhense que não está na Série D é o Sampaio Corrêa, atualmente na Série B.

Porém, existe uma outra possibilidade que pode conceder uma das vagas do Maranhão a uma equipe que não seja campeã do Estadual. Dos semifinalistas da competição, Imperatriz e Moto disputarão à Série D já este ano. Caso consigam o acesso, em 2019 disputarão à Série C e se terminarem campeão do Maranhense deixarão a vaga para o vice.

O Blog do Afonso Diniz conversou com vice-presidente de competições da FMF, Hans Nina, que confirmou que a segunda vaga será disputada em uma competição seletiva no segundo semestre. Segundo ele, os detalhes da competição só serão divulgados após à Série B do Maranhense, que ocorre no meio deste ano.

Entretanto, já conseguimos adiantar que os clubes participantes serão os times da Série A do Maranhense que não tiverem vaga no Brasileiro, mais o campeão da Segundinha. O torneio deve ser realizado após a Série D do Brasileiro 2018.

Futebol Maranhense

Sampaio segue líder, São José é sensação e Santa é novo lanterna

A quarta rodada do Campeonato Maranhense foi encerrada na tarde deste domingo com jogos no interior do estado. Destaque para goleada do São José por 4 a 0 sobre o Santa Quitéria, em pleno Rodrigão. Em Barra do Corda, Cordino e Moto ficaram no empate de 2 a 2.

Os gols do São José foram marcados por Tchê Tchê (3) e Batata. No duelo do Leandrão Ulisses e Fábio marcaram para o Cordino e Pedro Júnior e Mateus Rubens fizeram para os motenses.

Com os resultados, o Sampaio segue líder com sete pontos, seguido por São José e Imperatriz que ficam respectivamente em segundo e terceiro por conta dos critérios de desempate. O Moto caiu para quarto com seus seis pontos e o Cordino é o quinto com cinco. O sexto é o o Maranhão com a mesma pontuação. O Bacabal agora é sétimo com três pontos e o lanterna passa a ser o Santa Quitéria com apenas dois pontos.

Futebol Maranhense

Maranhense: mandantes levam a melhor nos jogos de sábado

Os jogos deste sábado no Campeonato Maranhense tiveram domínio dos mandantes. Bom para os times do interior e péssimo para equipes da capital. No Correão, o Bacabal venceu o Maranhão, por 1 a 0, e no Frei Epifânio, o Imperatriz bateu o Sampaio por 2 a 0.

O gol do BEC foi de pênalti convertido por Dênis, aos 25 minutos do primeiro tempo. O Imperatriz marcou com Kanu, aos 27 da primeira etapa, e Adauto, aos 23 do segundo tempo.

Com a vitória o Bacabal fez seus primeiros três pontos e deixou a lanterna. O MAC corre grandes riscos de deixar o G-4 ainda nesta rodada com seus cinco pontos. O Imperatriz foi aos mesmos sete pontos do líder Sampaio, que ainda pode perder o topo com o fim da rodada.

Neste domingo, no Leandrão, o Moto visita o Cordino. Ainda no interior, no Rodrigão, o Santa Quitéria recebe o São José.

Futebol Maranhense

Goleador: veja quem são os favoritos para ser artilheiro do Campeonato Maranhense 2018

O Campeonato Maranhense 2018 está prestes a começar. No dia 21 de janeiro a bola começa a rolar no Estadual e a sorte está lançada para apostas sobre quem será o campeão. Mas, além da taça, existe outro item para se lançar fichas: a artilharia.

O Blog do Afonso Diniz trouxe uma espécie de cardápio dos jogadores que costumam balançar as redes adversárias e, com a tão famosa camisa nove, ou não, tem aquele faro de artilheiro. Tenha em mãos os favoritos para artilharia do Campeonato Maranhense 2018.

Assim como na briga pelo título, existe o favoritismo do Sampaio nessa luta pela ‘Bola de Ouro’ por conta do maior investimento em relação a seus pares. Mas sempre é bom lembrar que o futebol já cansou de mostrar que dinheiro não ganha jogo e a bola vai ter que rolar para a gente saber quem realmente vai ser o goleado do Campeonato Maranhense 2018.

A aposta do favorito vem com carimbo “nível de Série B”. Felipe Alves foi contratado junto ao Paraná e é considerado a principal contratação do Tricolor. Ele vestirá a camisa 9 da Bolívia Querida e todas as fichas do Tubarão estão em seu faro.

No Moto, a aposta é em um velho conhecido. Jefferson Araújo já esteve no próprio time rubro-negro em 2016 e chegou a marcar seis gols no Estadual daquele ano. Pelo que Marcinho Guerreiro vem desenhando, ele é aposta para ser o goleador do Papão do Norte.

No MAC, existe um leque de oportunidades em aberto. Mas, entre os listados, o nome com mais característica para vestir a nove é Gilliard, que ainda busca o renascimento na própria carreira. Ainda pelo lado atleticano, não podemos esquecer de Emerson, que no Maranhense 2017 chegou a liderar a artilharia com a camisa do Americano-MA, marcando cinco gols.

No Imperatriz, o nome que surge com mais força é de Júnior Chicão. O jogador é reconhecido como um dos principais goleadores do estado e aparece como um nome forte para ganhar essa artilharia. O atacante sempre aparece entre os goleadores e este ano não deve ser diferente.

Vice-campeão em 2017, o Cordino traz o nome de Ullisses, que dispensa apresentações. Por três vezes já foi artilheiro do Maranhense, com direito ao prêmio de craque da competição. Principal nome da Onça ele é inclusive o goleador do último Estadual, quando marcou 14 gols.

No Santa Quitéria, as fichas ficam por conta de Rogerinho, que acabou de disputar a Segunda Divisão do Campeonato Maranhense pelo Timon e marcou três gols em seis jogos. São José-MA e Bacabal ainda estão em marcha lenta e não colocaram suas cartas na mesa. Vamos aguardar, mas, acho difícil o artilheiro não ser nenhum dos nomes dessa lista, mas vai que… O que a gente quer mesmo é bola na rede, independente de quem seja o artilheiro. Que vença o melhor…

Futebol Maranhense

Sampaio pode “salvar” times maranhenses

Foto: Bruno Coelho Cruz / Brava Bolívia

Não é de hoje que os clubes maranhenses têm dificuldade para se equiparar no mercado da bola aos grandes centros do futebol brasileiro e até mesmo no nordeste. Listo dois itens que acarretam essa realidade: a situação financeira e a baixa atratividade das competições locais.

Quanto a dinheiro por aqui nada muda e nossas equipes seguem com aquele famoso “pires na mão”. A exceção fica mesmo por conta do Sampaio, que deve ter uma arrecadação superior a 10 milhões de reais esse ano. Porém, a carta na manga do Sampaio em 2018 pode servir de encaixe no baralho das outras equipes do Maranhão. É que o Campeonato Maranhense 2018 tem um time de Série B do Brasileiro e esse será o maior atrativo da competição.

Em um cenário comum, uma série de atletas diriam NÃO aos nossos times, mas, com a possibilidade de enfrentar uma equipe da Série B, se dar bem e fechar um bom contrato a olhos nacionais, muda tudo de figura. Pode doer, mas tem muito jogador que vão para times maranhenses, já pensando em entrar em campo pela Série B vestindo a camisa do Sampaio. É fato. Essa é a atual realidade.

Se não, é só lembrar de uma série de jogadores que chegaram ao Sampaio após serem visto no próprio Maranhense. Não precisamos nem forçar memória e ir longe do estado. Basta lembrar de jogadores do Maranhão mesmo como Hiltinho, Valderrama, Casagrande, Rayllan, Ruan, André Penalva, Henrique, Felipe Costa, Daniel Barros, Leomar, Curuca e etc. Desses a maioria não deu certo, mas foi causando dor de cabeça no Campeonato Maranhense ao Sampaio, que fecharam o tão sonhado contrato com o Tricolor.

Tenho conversas bem abertas com os próprios jogadores e isso pesa mais do que a gente imagina. Os próprios dirigentes quando fazem as suas singelas propostas colocam isso na mesa como peso de ouro. Vocês não sabem o quilate que essa vaga na Série B tem para o Maranhão.

Lógico que quem tiver oportunidade de jogar Paulista, Carioca, Mineiro e afins vão agarrar com unhas e dentes, pois, com esses, nem o próprio Sampaio vem conseguindo bater de frente. Porém, a vaga da Série B do Sampaio coloca o futebol do Maranhão em um cenário intermediário do mercado da bola, que já é um respiro para quem sempre ficava como último plano. Ainda tem dúvida? Deixa a bola rolar…