Futebol Maranhense

Após tentar Andrey, Ceará fecha com goleiro do Paraná por quantia milionária

Foto: Geraldo Bubniak/ Paraná Clube

Após iniciar tratativas com o Sampaio pelo o goleiro Andrey, o Ceará seguiu um outro caminho para a contratação de um nome para posição. O Vozão desembolsou uma quantia milionária e tirou o goleiro Richard do Paraná.

A transferência prevê contrato em definitivo com o Ceará, com contrato de três anos, e retorno financeiro ao Paraná pelos 50% que o clube possui. Richard tem contrato com o Tricolor até 2020 depois que fez a compra do porcentual do Água Santa.

Os números da negociação não foram revelados, mas expectativa é de que o Paraná receba perto de R$ 1,5 milhão pela sua parte dos direitos econômicos (50%). Os direitos do Água Santa permanecem com o clube.

Titular da equipe, o goleiro Everson voltou a treinar separado do grupo pelo 2º dia seguido. Nesta semana, o jogador ainda não se juntou ao elenco nas atividades, depois de receber uma proposta do Santos. 

Vale lembrar que Andrey, anteriormente pretendido pelo Ceará, também tem contrato até 2020 com o Sampaio, assim como Richard com Paraná e Água Santa. A multa rescisória de Andrey com o time maranhense, entretanto, é de “apenas” um 1 milhão de reais.

Em entrevista na semana passada ao Blog do Afonso Diniz, o presidente do Sampaio, Sérgio Frota, afirmou que uma negociação com o futebol português desandou e que se voltava para o cenário nacional para tentar negociar o atleta. A expectativa, segundo ele, era de resolução ainda na semana passada, mas até então nada se concretizou.

Pelo que se desenha corre o risco do Sampaio ter que integrar o atleta ao seu elenco de 2019. O grande problema é que Andrey tem altos salários e não se encaixa no perfil financeiro atual da equipe.

Futebol Maranhense

Sampaio x Paraná: escalações e arbitragem

Em jogo pela segunda fase da Copa do Brasil, Sampaio Corrêa e Paraná se enfrentam na noite desta quinta-feira (22), no Castelão, às 21h30. Para seguir na competição os tricolores fazem jogo único e se houver empate a decisão da vaga vai para os pênaltis.

O Blog do Afonso Diniz traz as escalações das equipes que brigam por uma gorda cota de 1 milhão e 400 mil reais. Os ingressos para a partida variam de R$ 20,00 a R$ 50,00.

Sampaio: Andrey; Junio Rocha, Maracás, Joecio e Kaique; Silva, Yuri, Sobral e Marlon; Uillian e Fumaça. Téc. Francisco Diá.

Paraná: Thiago Rodrigues; Junior (Igor), Charles, Marcio e Mansur; Leandro Vilela, João Paulo (Alex Santana) e Zezinho; Lucas Fernandes (Carlos Eduardo), Diego e Zé Carlos. Téc. Ademir Fesan.

Arbitragem: Emerson de Almeida (MG) apita o jogo, auxiliado por Ricardo Junior (MG) e Felipe Alan (MG).

 

Futebol

Treinadores dizem não e Paraná segue sem técnico

Hemerson Maria disse não ao Paraná

Sem técnico desde a demissão de Wagner Lopes, o Paraná segue sua busca por um novo comandante. A diretoria do clube já confirmou que o jogo desta quinta-feira, será com o interino, Ademir Fesan, e, enquanto isso corre contra o tempo para anunciar seu novo treinador.

O primeiro da lista já deu não ao Paraná. Atualmente no Vila Nova, Hemerson Maria, revelou uma sondagem da diretoria do Paraná Clube para que assumisse a equipe. A Rádio 730, de Goiânia, ele disse querer “crescer com o Vila Nova”.

– Eu já falei com o Felipe (Albuquerque) há dois dias, realmente houve uma procura. Eu não saio do Vila Nova e não saio não é por questão financeira, por questão de time de série A, hoje de repente, eu poderia estar dando um pulo na minha carreira, mas eu quero crescer junto com o Vila Nova, disse para a rádio 730.

Hemerson Maria foi campeão da Série B em 2014 com o Joinville e está no Vila Nova desde maio do ano passado. Com ele, o Vila Nova ficou na sétima posição na Série B de 2017.

Osmar Loss também deu negativa ao Paraná

Após a demissão de Wagner Lopes na última sexta-feira, o Paraná também já buscou o auxiliar-técnico do Corinthians, Osmar Loss, que também não aceitou o convite.

Contra o Sampaio, nesta quinta-feira, pela Copa do Brasil o auxiliar-técnico Ademir Fesan será o comandante e terá apoio do analista de desempenho, Lucas Gonçalves, e o coordenador técnico, Marcos, ex-goleiro do Paraná.

Futebol

Saiba quanto o Sampaio ganhará se passar do Paraná e quem seria o adversário

Além de todo status de avançar para terceira fase da Copa do Brasil, Sampaio Corrêa e Paraná entram em campo nesta quinta-feira por uma “gorda cota”. O Tricolor que avançar vai colocar em seus cofres nada menos que mais 1 milhão e 400 mil reais.

Nesta fase da competição, não existe as divisões por grupo e todo mundo agora passa a ganhar a mesma quantia. Além da cota milionária, a equipe que avançar seguirá nos jogos das cifras e passa a ter a possibilidade de avançar para quarta fase que promete pagar mais 1 milhão e 800 mil reais.

Lembrando que avançar de Sampaio e Paraná enfrentará o vencedor de Ponte Preta e Inter de Limeira-SP. A partir da terceira fase os duelo já passam a ser de ida e volta, sendo que neste ano o gol marcado fora de casa não é mais critério de desempate.

Na Copa do Brasil 2018, o Sampaio já acumulou 1 milhão e 100 mil reais, sendo 500 mil na primeira fase e 600 mil na segunda. Se avançar, com o 1 milhão e 400 mil reais a mais de cotas, o Tricolor acumularia 2,5 milhões de reais pela disputa na competição.

Para chegar a terceira fase, Sampaio e Paraná fazem jogo único no Castelão. O vencedor avança e o empate leva decisão da vaga para os pênaltis.

Futebol

Como vem o Paraná: sem técnico, lanterna e eliminado no Estadual

O adversário do Sampaio na segunda fase da Copa do Brasil, diferente da equipe maranhense, não vive um bom momento. O time foi eliminado ainda na primeira fase do primeiro turno Campeonato Paranaense e teve seu treinador demitido.

O então técnico era Wagner Lopes, que inclusive passou no Sampaio em 2016. Ele havia sido contratado este ano para iniciar o projeto de montagem do elenco para Série A do Brasileiro. Porém, não resistiu ao início ruim do time no Paranaense, com três derrotas, uma vitória e dois empates. O Paraná não se classificou para a semifinal da Taça Dionísio Filho (1º turno) e terminou na lanterna do Grupo A com cinco pontos.

Na própria Copa do Brasil, onde o Paraná chega para enfrentar o Sampaio na segunda fase a classificação foi bem dura. O time sulista avançou em um jogo complicado com um empate no último minuto contra a URT, em Patos de Minas. Seu último jogo foi a derrota de 2 a 0 para o Rio Branco-PR, pela sexta rodada do Paranaense, na última quarta-feira.

O Paraná deve ficar sem um novo treinador até, pelo menos, o jogo contra o Sampaio Corrêa, pela Copa do Brasil, na próxima quinta-feira. Diante da Bolívia Querida, o time será comandado pelo auxiliar-técnico Ademir Fesan, com o auxílio do coordenador técnico, Marcos, ex-golero do Paraná.

Futebol

Sampaio conhece adversário da segunda fase da Copa do Brasil

O Sampaio Corrêa já conhece o seu adversário na segunda fase da Copa do Brasil 2018. Em jogo realizado na noite desta quinta-feira (1), em Minas Gerais, URT-MG e Paraná empataram em 1 a 1 e vantagem da igualdade como visitante levou o time paranaense a avançar na competição.

A Gralha Azul fará duelo com a Bolívia Querida na segunda fase da Copa do Brasil 2018, que ainda segue com decisão de classificação em jogo único. A diferença da fase anterior é que em caso de empate a vaga será definida nos pênaltis.

A partida decisiva entre Sampaio e Paraná será realizada no Castelão por conta de sorteio dirigido feito pelo CBF. A data do confronto ainda não foi divulgada.