Futebol

Valente, Sampaio supera Vasco e arbitragem em noite épica no Castelão

Naturalmente por toda ambientação da partida e o pré-jogo vivido durante a semana já se sabia que seria um jogo diferente. E essa atmosfera foi fundamental pra tocar no sangue encarnado do Sampaio e despertar um guerreiro valente em cada jogador.

Os guerreiros bolivianos botaram a faca nos dentes e superaram até a arbitragem, que interveio com o VAR para tirar um pênalti a favor do Sampaio (na minha opinião de forma equivocada, pois era um lance subjetivo e não se tratava de erro claro e por isso árbitro não deveria ser chamado) e ainda expulsou o Luis Gustavo, que inclusive para comentarista de arbitragem Fernanda Colombo era só pra amarelo e o árbitro Caio Max deu vermelho direto.

Erros e prejuízo ao Sampaio no primeiro tempo, o Tricolor teve que vir pra segunda etapa com um a menos. Porém, nos braços de sua torcida foi o verdadeiro gigante!

Não só teve mais raça, garra e determinação, mas jogou muito mais bola. Foi melhor em campo e teve, finalmente, o que vinha faltando nas partidas anteriores, CORAGEM.

Com atitude, o Tricolor mandou na maior parte do jogo, criou boas chances até marcar com Alan Godói. Depois do gol, dessa vez de maneira acertada pelas circunstâncias da partida, o Tricolor baixou suas linhas. Mas, também diferente dos jogos passados, não ficou somente sofrendo e buscou bem os contra-ataques.

Nos impensáveis oito minutos de acréscimos, o Vasco ainda bateu um pênalti com Nenê, defendido por Luiz Daniel. Seria um pecado outro resultado que não fosse a vitória do Sampaio.

Um jogo que verdadeiramente lavou a alma do boliviano! Deu gosto de assistir.

Pontuo ainda que o Surian, que vinha tendo escolhas ruins, foi muito bem na escalacão de Baraka no meio-campo e até quando errou, na minha opinião em tirar Ferreira do time titular para entrada Márcio Araújo, consertou na volta do segundo tempo. As outras mudanças foram excelentes. Faria o mesmo.

O Sampaio volta a campo já nesta terça-feira contra o Vitória, novamente no Castelão, às 19h.

Foto: Rafael Ribeiro

2 comentários em “Valente, Sampaio supera Vasco e arbitragem em noite épica no Castelão”

    1. Oi, Luiz. Grato em ter sua participação. Acho que ali mais que peça individual foi uma mudança tática buscando um jogador mais veloz na reatividade e, principalmente, para ajudar na defesa. O grande problema foi o pênalti por ele cometido. Acho que tem muita gente em sua frente e o Jarro ainda não apresentou futebol para ser utilizado todo jogo. Mas n diria que foi o erro do treinador. Não sei a mesma peça, mas também buscaria fazer a mudança tática com um jogador nessa característica e no banco já não tinha mais ninguém com esses predicados. Abs!

      Curtir

Deixe uma resposta para afonsodinizblog Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s